Este site obedece às Normas e Diretrizes do CODAME (Comissão de Divulgação de Assuntos Médicos), de acordo com o Conselho Federal de Medicina (CFM). Os Assuntos aqui abordados têm apenas o intuito de informar a população. Sempre consulte o seu médico antes de ser submetido a qualquer tipo de tratamento

Santos & Região: (13) 32242294 / (13) 997533819

São Vicente: (13) 32080800

Boituva & Região: (15) 33631544 / (15) 997423665

Bauru & Região: (14) 32232600

Contatos:

© Todos direitos reservados Fabricio Francischone

Prótese de Glúteo

O "bumbum" ou nádega (anatomicamente = glúteo) é muito importante para o contorno corporal posterior. Curiosamente, o ser humano é a única espécie que apresenta nádegas.

Faz parte do sonho de muitas mulheres e alguns homens, possuir um glúteo firme, com curvas bem definidas. Para o sexo feminino, o contorno glúteo tem tanta influência na expressão da feminilidade e sensualidade quanto à mama. 

Algumas pessoas foram geneticamente desenhadas com pouca projeção de glúteo, com o bumbum "chato". Outras já tiveram, quando mais jovens, um glúteo com aparência satisfatória, mas, com o passar dos anos, viram o glúteo perder massa muscular e atrofiar. 
A cirurgia de implante de prótese de silicone no glúteo iniciou-se décadas atrás. Na época, devido à técnica e materiais utilizados, os resultados não foram nada agradáveis. Sendo assim, a cirurgia não ganhou popularidade, caindo no esquecimento e, por isso, ainda hoje, sofre preconceito por parte das pessoas e alguns profissionais. 
Felizmente, houve muito progresso neste campo. A cirurgia mudou e os resultados ficaram melhores e mais naturais.

Cirurgia

É realizada uma incisão com cerca de cinco a seis centímetros no sulco vertical que fica entre os glúteos, e através desta são introduzidos os implantes direito e esquerdo. A prótese é posicionada dentro do músculo glúteo maior, numa posição anatômica. Por ser um local de pouca visibilidade, exatamente entre as nádegas, é difícil observar a cicatriz, que fica na altura do cóccix. 


A prótese também pode ser posicionada abaixo do músculo, no entanto, o resultado é esteticamente inferior e, por isso, a técnica é pouco utilizada.

Recuperação Pós-Operatória
Existem muitos mitos a respeito do pós-operatório desta cirurgia. Quando sentamos, usamos principalmente a parte de trás das coxas e terço inferior do glúteo. A prótese é colocada na parte superior do glúteo. Logo, não sentamos sobre a prótese. Logo após a cirurgia a paciente sente-se mais confortável nas posições "de lado" e "de bruços". Usualmente colocamos um apoio sobre as coxas e nas costas, permitindo que a prótese fique isolada quando na posição sentada. Portanto, é sim permitido sentar-se logo após a cirurgia, tomando os devidos cuidados. Deitar-se de barriga para cima sem apoio nas costas não é permitido nos primeiros dias. 

Após 7 dias, normalmente é possível sentar-se com certo desconforto. 
Durante as primeiras 48 horas, é utilizado um dreno de aspiração à vácuo para evitar o acúmulo de líquidos na cirurgia.